BNB

BNB

terça-feira, 23 de maio de 2017

Danilo Forte desconhece troca de comando do PSB no Ceará


Por meio da sua assessoria de imprensa, o deputado federal Danilo Forte, afirma desconhecer ter perdido a direção do PSB no Ceará.
Confira a nota:
"Acerca da informação  sobre a mudança da presidência do Partido Socialista Brasileiro do Estado do Ceará (PSB-CE), utilizo deste espaço para esclarecer:
1 - Não fui comunicado pela presidência nacional do PSB acerca de acertos com o deputado federal Odorico Monteiro, considerando este movimento desconfortável, agravado pela ausência de diálogo entre o presidente do partido e seus integrantes;
2 - Quando a mim foi confiada a missão de presidir o partido no Ceará, procurei pessoalmente, antes de assumir, os ex-dirigentes Roberto Pessoa, Eliane e Sérgio Novais no sentido de, a partir daquele momento, reconstruirmos juntos o fortalecimento da nossa sigla no Estado;
3 - Com total convicção e coragem ingressei no PSB em 11 de setembro de 2015, período não previsto para troca de legendas (sem janelas), assumindo o risco de perda do mandato, mas o fiz na firme certeza de defender as bandeiras do partido e por identificação com a trajetória histórica da legenda;
4 - Defendi e seguirei propondo que o Brasil precisa ser levado a sério, e que jamais retomaremos o caminho do crescimento, econômico e social, sem passarmos por profundas reformas (política, trabalhista, previdenciária e tributária). Espero que os partidos políticos atuem com amadurecimento diante desta pauta para salvarmos o País;
5 – Estou à disposição do Partido Socialista Brasileiro para dialogar e lutar pelas mudanças necessárias. Espero que o PSB caminhe com seriedade e serenidade neste processo que já dá sinais de recuperação do quadro de dificuldades, impostas pelo governo anterior, ao Brasil.Acerca da informação  sobre a mudança da presidência do Partido Socialista Brasileiro do Estado do Ceará (PSB-CE), utilizo deste espaço para esclarecer:
1 - Não fui comunicado pela presidência nacional do PSB acerca de acertos com o deputado federal Odorico Monteiro, considerando este movimento desconfortável, agravado pela ausência de diálogo entre o presidente do partido e seus integrantes;
2 - Quando a mim foi confiada a missão de presidir o partido no Ceará, procurei pessoalmente, antes de assumir, os ex-dirigentes Roberto Pessoa, Eliane e Sérgio Novais no sentido de, a partir daquele momento, reconstruirmos juntos o fortalecimento da nossa sigla no Estado;
3 - Com total convicção e coragem ingressei no PSB em 11 de setembro de 2015, período não previsto para troca de legendas (sem janelas), assumindo o risco de perda do mandato, mas o fiz na firme certeza de defender as bandeiras do partido e por identificação com a trajetória histórica da legenda;
4 - Defendi e seguirei propondo que o Brasil precisa ser levado a sério, e que jamais retomaremos o caminho do crescimento, econômico e social, sem passarmos por profundas reformas (política, trabalhista, previdenciária e tributária). Espero que os partidos políticos atuem com amadurecimento diante desta pauta para salvarmos o País;
5 – Estou à disposição do Partido Socialista Brasileiro para dialogar e lutar pelas mudanças necessárias. Espero que o PSB caminhe com seriedade e serenidade neste processo que já dá sinais de recuperação do quadro de dificuldades, impostas pelo governo anterior, ao Brasil".
Assessoria do deputado Danilo Forte