BNB

BNB

terça-feira, 30 de maio de 2017

Anúncio de pagamento de salários atrasados de professores temporários e servidores contratados para 20 de junho, gera indignação da categoria

Evaldo Soares aprontou de novo

E é geral a reclamação dos professores temporários da Secretaria de Educação de Juazeiro do Norte e servidores contratados pelo município depois que o secretário de Gestão Evaldo Soares - ele de novo -, anunciou que o município só irá efetuar o pagamento do salário, no dia 20 de junho.
A justificativa, segundo a nota da prefeitura é que as secretaria de Gestão precisa conferir a documentação e o contrato de todos os convocados. Isso, segundo a nota, deve acontecer até 15 de junho.
Os professores temporários não aceitam a decisão e veem como desculpa do secretário, que recentemente prejudicou os professores efetivos com a duplicidade do desconto do Imposto de Renda no contracheque do servidor. O prefeito, conivente, pois até o momento não se manifestou com amais essa aberração do super-secretário.
Vale ressaltar que nenhum centavo foi estornado à favor dos professores que tiveram a duplicidade aplicada, e assim, a prefeitura embolsou cerca de R$ 2 milhões.
E assim, Juazeiro Merece!