bnb

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Greve Geral: trabalhadores e estudantes fecham principal via de acesso à Juazeiro do Norte

Fotos: Flávio Pinto

A principal via de acesso aos municípios de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha, a Praça do Giradouro, em Juazeiro do Norte, no Triângulo do Crajubar,  foi interditada por quase 3 horas na manhã desta sexta-feira  (28), por estudantes, trabalhadores rurais e da construção civil e sindicalistas em apoio à Greve Geral decretada por estes sindicatos de todo o país contras as reformas do Governo Michel Temer, principalmente as reformas trabalhistas e da Previdência.

No Cariri, a concentração teve início às 8 horas. Cerca de 3 mil pessoas participaram do protesto que fechou o trânsito impedindo o acesso ao Centro de Juazeiro do Norte. Motoristas que não aderiram ao movimento tiveram de desviar o trajeto de casa para o trabalho. Sobre palavras de ordem,  os manifestantes pediam a saída do presidente Temer. "Esse governo que aí está é ilegítimo e não nos representa. Deram um golpe no governador eleito democraticamente pelo voto e agora estão defendendo os interesses dos grandes empresários, banqueiros e de toda classe dominante. Essas reformas são propostas que trazem prejuízos sem precedentes aos trabalhdores", disse a estudante universitária  Camila Alves, 20.

O movimento também contou com  a participação de políticos do Crato, Juazeiro e Barbalha. Entre eles, os vereadores Pedro Lobo e Fernando Brasil  (Crato) e Dorivan Amaro (Barbalha).
Ainda nesta sexta-feira, a Igreja Católica realiza caminhada a partir das 16 horas em Juazeiro do Norte. A concentração acontece na Praça Cícero e termina na Igreja de São Francisco, no bairro Franciscanos.