bnb

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Comitê da Assembleia Legislativa reúne prefeitos para tratar homicídios na adolescência



No próximo dia 2 de maio, o Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência vai promover um grande encontro com todos os prefeitos cearenses, no auditório da Universidade do Parlamento Cearense (Unipace), para apresentar o relatório "Cada Vida Importa", com recomendações para os gestores municipais no enfrentamento da questão da violência. O documento, resultado de um grande esforço de pesquisa e entrevistas realizado ao longo de 2016, foi elaborado pelo comitê, criado pela Assembleia Legislativa e que tem como relator o deputado estadual Renato Roseno (PSOL)
 Trata-se da maior e mais abrangente pesquisa feita no Ceará sobre homicídios na adolescência. Ao longo do trabalho, foram ouvidas 224 famílias de adolescentes assassinados em sete municípios cearenses: Fortaleza, Juazeiro do Norte, Sobral, Maracanaú, Caucaia, Horizonte e Eusébio. A equipe de pesquisadores foi formada por 24 profissionais com mestrado, doutorado e pós-doutorado, em diversas áreas de formação. Cerca de 1.630 pessoas participaram das 11 audiências públicas realizadas durante a pesquisa.
 No encontro do dia 2, os prefeitos também assinarão um pacto de adesão às recomendações do comitê, como forma de efetivar os dados do relatório e auxiliar os gestores a evitar que a violência continue fazendo tantas vítimas em nosso estado.
Serviço:
Reunião de apresentação do relatório do Comitê Cearense pela Prevenção dos Homicídios na Adolescência. Dia 2 de maio, às 9h30min. Auditório da Universidade do Parlamento Cearense (Unipace), no anexo da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.