bnb

quinta-feira, 30 de março de 2017

João Dória, prefeito de São Paulo, anima Tucanos para disputar a presidência em 2018

Os tucanos começam a se animam com o surgimento do nome do prefeito de São Paulo, João Doria, para as eleições presidenciais de 2018. Os principais caciques nacionais e presidenciáveis do PSDB  –  José Serra, Geraldo Alckmim e Aécio Neves, estão atingidos por denúncias de caixa 2 em campanhas eleitorais. As investigações da Operação Lava Jato também afetam o ninho tucano e, nesse cenário de desmonte de pré-candidatura, surge um nome novo: o prefeito de São Paulo, João Doria, que está no cargo há três meses.
Integrantes do comando nacional do PSDB começam a avaliar como real a possibilidade de lançamento da candidatura de João Doria à Presidência. A idéia  ganha terreno na cúpula do partido, inclusive na ala ligada ao senador Aécio Neves, outro nome posto para a disputa do ano que vem. Com o novo contexto de pré-candidatura, um aliado de Aécio – ex-governador e atual senador Antonio Anastasia, pode compor uma chapa com João Doria.
Uma reportagem do Jornal Folha de São Paulo, edição desta quinta-feira, relata que dirigentes da sigla – entre eles, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso – trabalham com a hipótese de Doria como uma espécie de plano B para a corrida presidencial, caso sejam confirmados o conteúdo de depoimentos de ex-executivos da Odebrecht e seus impactos devastadores para o tucanato.
João Doria não fala sobre pré-candidatura, mas não está parado: o ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy (BA), por exemplo, viajou a São Paulo no dia 17 de março para um almoço particular com o prefeito paulistano. De acordo com a reportagem, ‘’interlocutores de Aécio sustentam que o mineiro não desistiu de sua candidatura ao Planalto, mas reconhece que suas chances hoje são mais remotas, principalmente se os desdobramentos da Operação Lava Jato persistirem até o ano que vem’’.
O líder do PSDB no Senado, Paulo Bauer (SC), afirma que “Doria avançará mais”. Ele trata o prefeito paulistano como “a grande revelação da política brasileira”. Segundo Bauer, ‘’a vitória e o estilo dele chamam a atenção. Colocam seu nome num patamar mais elevado dentro do partido e da sociedade’’.
O presidente da Executiva Regional do PSDB, Luiz Pontes, considera que, pelo perfil de renovação no modelo político e administrativo, o prefeito de São Paulo, João Doria, se torna alternativa como candidato a presidente da República.
‘’Se o momento é para renovação, não vamos ficar olhando para o passado, mas sim construir o futuro. Hoje, não restam dúvidas quanto a possibilidade do João Doria ser o nosso candidato’’, disse Luiz Pontes, ao afirmar, ainda, que, no atual cenário da político nacional, o sentimento da população é para mudar, trocar nomes e métodos políticos.
(Folha de S.Paulo)