BNB

quarta-feira, 15 de março de 2017

Geoplan recebeu R$ 6 milhões da prefeitura em 2016 para não fazer nada e mesmo assim, pode ter contrato renovado


Arnon desconversa quando assunto é Geoplan

Uma das piores prestadoras de serviços dos últimos anos que aportou em Juazeiro do Norte, a Geoplan (empresa responsável pela iluminação pública da cidade), recebeu, segundo denúncia do vereador Tarso Magno, no plenário da Câmara Municipal, a bagatela de R$ 6 milhões, em 2016, ou seja, R$ 570 mil por mês para não fazer nada, pois até o simples serviço de reposição de lâmpadas é insuficiente, em razão das inúmeras reclamações da população. A escuridão tomou conta de Juazeiro, principalmente na periferia.
E o pior ainda pode estar por vir, mesmo sendo uma empresa que presta péssimo serviço à comunidade, a Geoplan pode ter seu contrato renovado pelo prefeito Arnon Bezerra. Pelo menos é isso que o chefe do executivo deixa transparecer quando é indagado pela imprensa sobre o rompimento contratual da Geoplan.
O prefeito Arnon Bezerra diz que está avaliando, esperando que a empresa melhore e se adeque "as cobranças" da nova administração. Porém, jamais falou em romper o contrato. O indicativo é sim de que o contrato pode ser renovado.
Na avaliação da população, a Geoplan consegue ser pior do que a famigerada extinta EMB, que no governo Dr. Santana deu calote a milhares de trabalhadores terceirizados, que ainda brigam na Justiça para reaver pagamentos de salários e direitos trabalhista jamais pagos.
E assim, Juazeiro Merece!