BNB

quinta-feira, 23 de março de 2017

Depois de inviabilizar trabalho da PM, prefeito de Aiuba ataca agora a Educação


O prefeito de Aiuaba Ramilson Morais (foto) parece ter tomado as dores das lideranças do seu partido, o PSD. Depois de inviabilizar a presença da Polícia Militar no município, o prefeito agora ataca a Educação, retirando de serviço o transporte escolar no município prejudicando a centenas de alunos.
No município, há quem diga - e não só a oposição -, que o prefeito age para agradar seus líderes que hoje são oposição ao Governo Camilo Santana.
No início do mês, Ramilson já havia retirado servidores que estavam à disposição da PM, e anunciado que não iria renovar o contrato do imóvel, onde fica situado o posto policial da cidade, bem como mandou retirar todos os imóveis do local.
Revoltada, a população protestou na câmara municipal e ameaça realizar grande manifestação no município, principalmente contra a paralisação do transporte escolar.
A Secretaria de Educação do Estado informa que o repasse para o funcionamento do trasnsporte escolar em Aiauba está em dia.