quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Ministro do STF autoriza abertura de inquérito contra deputado cearense

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta quarta-feira (16) a abertura de inquérito contra o deputado federal Aníbal Gomes (PMDB-CE) por suspeita de peculato.
O objetivo da investigação é apurar se o parlamentar utilizou verba da Câmara para pagar despesas pessoais. Procurado, Gomes negou irregularidades e se colocou à disposição para ajudar nas investigações.
O inquérito contra Aníbal Gomes decorre de desdobramentos das investigações no âmbito da Operação Lava Jato.
“Recebo com tranquilidade (essa notícia), já que não pratiquei absolutamente nada e jamais fiz qualquer tipo de irregularidade com dinheiro da Câmara”, disse o deputado.
(Estadão)