quinta-feira, 27 de agosto de 2015

NOTA do PRB

Da advogada Flávia Soares, esse blog recebeu a seguinte nota:

"Euler Barbosa, secretário geral estadual do PRB/CE, encaminha para conhecimento público a seguinte nota com o posicionamento oficial da desta Executiva Estadual acerca da possível filiação do atual prefeito do Crato, senhor Ronaldo Sampaio Gomes de Mattos, aos quadros deste Partido:
1. Tomamos conhecimento de que circulou informações nas redes sociais e na imprensa do Cariri de que o Prefeito do Crato estaria filiando-se ao PRB, inclusive encaminhados pelo deputado José Guimarães, que é do PT;
2. Sobre o ocorrido, informamos que nem o referido deputado, nem qualquer outra pessoa estranha aos quadros do PRB tem qualquer autoridade para tratar de filiações aos quadros do Partido. E que em nenhum momento houve qualquer contato do prefeito com a nossa Executiva Estadual. Portanto, a informação não procede;
3. Ademais, cumpri-nos informar que sequer a comissão executiva municipal provisória do Crato está em vigência para acatar qualquer filiação, já que foi dissolvida no dia 29 de agosto de 2014, ou seja, há quase um ano;
4. Qualquer filiação de detentores de mandato eletivo ao PRB só serão efetivadas com a devida autorização da Executiva Estadual, que mantém um rígido controle sobre estas informações;
Por hora, estes são os fatos a esclarecer".
Vamos nós:
1. O blog reafirma todas as informações publicadas no tópico "Exclusivo Crato Parte 2 - Destino de Ronaldo dever ser o PRB" por confiar plenamente na fonte da informação.
2. O verbo "deve" está na condicional e não no afirmativo.
3. No texto está explícito que Ronaldo deve (pode) se filiar.
4. O blog não pode se responsabilizar por especulações dos colegas comunicadores que replicaram nos sites, blogs e emissoras de rádio da região. Cada tem sua maneira de se expressar.
5 - A fonte da informação é de Brasília e não de Fortaleza, onde está o diretório estadual do PRB.
No mais é esperar para onde irá Ronaldo, se é que vai mesmo pleitear a reeleição, pois até o momento o prefeito não se pronunciou oficialmente sobre 2016..