quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Cláudio Luz levanta suspeita sobre desapropriação de terreno por parte da prefeitura

Cláudio Luz fez levantamento sobre terreno desapropriado. (Foto: Flávio Pinto)

Na primeira sessão da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, , após o Carnaval, vereador Cláudio Luz (PT) levantou suspeita sobre o uso dos equipamentos distribuídos pelo PAC2 à Prefeitura de Juazeiro do Norte e que foram flagrados pela Polícia Federal,  na segunda-feira de carnaval, limpando terreno, que segundo, as primeiras investigações,  parte pertenceria a uma empresa particular e outra parte a prefeitura da cidade.
Cláudio Luz afirmou no plenário do poder legislativo municipal, que o terreno em questão foi parte de um esquema no mínimo duvidoso e que precisa ser esclarecido pela prefeitura. " Em abril de 2014, o imóvel foi adquirido pela empresa AC Imóveis e Empreendimentos, de Fortaleza, pela quantia de R$ 400 mil e dois meses depois foi desapropriado pela prefeitura por R$ 1.650.000 gerando um lucro superior  R$ 1 milhão nesse curto período.  Só que o ato de desapropriação é secreto, não passou pela câmara e nem consta no Diário Oficial do Município", questionou o vereador.
Baseado em sua pesquisa, Claudio Luz solicitou a Assessoria Jurídica da Câmara,  que dê parecer sobre a necessidade ou não da desapropriação passar pelo crivo dos vereadores.
Para o vereador, a transação está clara. "Foi mais um ato ilegal dessa administração", pontou.