terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Ministério Público de olho em Raimundão


Nesta semana de Natal, os bastidores da política de Juazeiro do Norte está aquecido com denúncias e especulações de todos os tipos. A principal delas se refere a um possível pedido de afastamento do prefeito Raimundo Macedo ( PMDB),  por parte do Ministério Público Estadual. Depois de quase 11 meses de investigações,  o MP teria chegado a conclusão de seria necessário o afastamento de Raimundão por até 180 dias da Prefeitura de Juazeiro do Norte,  para que todas as denúncias - e não são poucas -, possam ser investigadas sem  interferência do gestor municipal.
Interlocutores próximo ao prefeito adiantaram a esse blog que Raimundão já teria conhecimento ds ação do MP e teria ido a Fortaleza pedir apoio do PMDB e de deputados aliados a intervir junto ao Tribunal de Justiça. No entanto não teria ficado satisfeito com o que ouviu por lá.
Nesta segunda - feira ( 22), durante reunião política com seu grupo, Raimundão teria pensado em se anteceder ao afastamento que poderá ser proposto pelo MP, e ele mesmo pedir licença do cargo. A ideia só não foi adiante, em virtude da recusa do vice-prefeito,  Luiz Ivan Bezerra, não compactuar com os desejos de Raimundão.
Luiz Ivan quer sim, ser prefeito,  mas só em caso de Raimundão ser realmente afastado por determinação judicial. Essa por sinal, é a recomendação do irmão e deputado federal Arnon Bezerra ( PTB), a quem o vice - prefeito segue a risca.
Dessa forma Arnon Bezerra se "vingaria" de Raimundão,  que nunca lhe deu apoio durante a campanha eleitoral passada, apesar de prometido em público pelo gestor,  e Luiz Ivan assumindo por determinação da Justiça,  ficaria descompromissado com a administração de Raimundão.
É esperar o passar dos dias. Com certeza 2015 promete.