terça-feira, 23 de setembro de 2014

Vereador é acusado por colegas de não querer trabalhar

Luís Carlos tem irritado seus colegas que o acusam de encerrar sessões sem justificativa. (Foto: Flávio Pinto)

Não satisfeito com a decretação dos 46 dias de recesso dos vereadores do Crato durante os meses de junho e julho passados para assistirem aos jogos da Copa do Mundo, a mesa diretora da Câmara Municipal do Crato tem tomado outra decisão no mínimo lamentável e que merece ir ao conhecimento da sociedade cratense..
É que neste mês de setembro, o vereador Luís Carlos Saraiva (PSL)  presidente da Câmara Municipal do Crato, deve terminar o mês com o número de sessões no vermelho, ou seja, bem abaixo das que estavam previstas para serem realizadas.
As sessões acontecem somente as segundas e terças-feiras, mas mesmo assim, os projetos não estão sendo apreciados nem votados porque as sessões estão terminando antes do prazo previsto. Os motivos são os mais variados, desde a presença de candidatos que disputam cargos majoritários e proporcionais no Estado do Ceará a discussões em plenário, o que seria natural.
Porém, o comportamento de Luís Carlos tem irritado alguns vereadores que enxergam manobras políticas adotadas pelo presidente da mesa diretora para não concluir as sessões. Um grupo de vereadores chegou acusar Luís Carlos de não querer trabalhar na Câmara. "Ele está preocupado com a eleição de seu candidato a governador", disparou outro vereador que não quis se identificar.
A jornalistas cratenses, o presidente da Câmara afirmou que encerrou as últimas duas sessões porque os ânimos se acirraram e sempre que o clima esquentar agirá desta forma. Lamentável, pois ali é a casa para discussões e embates políticos, entre situação e oposição.
Segundo alguns vereadores, não é de hoje que isso acontece e os projetos para serem votados de grande importância para o desenvolvimento da cidade do Crato acham ficando para segundo plano.
Os colegas exigem explicações de Luís Carlos sobre o  por que dessa postura e o motivo por querer aplicar a lei de quebra de decoro se for preciso.
O vereador Luís Carlos não atendeu as ligações do blog feitas para seu celular. A última ligação aconteceu às 16h30min desta terça-feira. O aparelho celular do vereador chamou várias vezes, mas as as ligações não foram atendidas.
(Com informações de Moisés Rolim)