segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Radialista diz que não sequestrou a ex-namorada em Juazeiro do Norte

Fim do relacionamento amoroso, esse teria sido o motivo alegado pelo radialista Luciano Di Carli para que Vanessa Coelho de Brito Melo, 33, tê-lo acusado de sequestro e cárcere privado. Luciano procurou espontaneamente a Polícia nesta segunda-feira para refutar as acusações feitas por policiais e pela ex-namorada. Segundo ele, tudo não passa de uma vingança por conta do fim do namoro.
O radialista passou a ser procurado pela Polícia desde a madrugada de ontem (domingo, 21), quando dois PMs do Ronda do Quarteirão, depararam-se com Vanessa Melo vestindo roupas de homem e correndo pelas ruas do bairro Jardim Gonzaga, em Juazeiro do Norte. Conforme relato de Vanessa para os PMs, ela havia sido sequestrada pelo radialista na última quarta-feira (17), e mantida em cárcere privado na casa do acusado até o domingo, quando conseguiu fugir.
Luciano Di Carli disse que só soube da denúncia horas depois do caso ter sido divulgado na imprensa, por intermédio de uma amiga. Ele admitiu ter tido um relacionamento conturbado com Vanessa, mas por conta de perceber que não daria certo, principalmente por achar que não estaria pronto para noivar e casar, decidiu romper, o que teria gerado insatisfação da ex-namorada.
Vanessa chegou prestar queixa na Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte, A Polícia abriu inquérito policial e as duas partes serão ouvidas em depoimento.