segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Em Coreaú, Camilo diz faz parte de um projeto que vai avançar o Ceará


"O Estado, com o governador Cid Gomes, realizou sonhos dos cearenses que durante décadas desejaram ter uma siderúrgica, uma Transnordestina, a transposição do Rio São Francisco e o Cinturão das Águas e tantos outros benefícios. Eu faço parte de um projeto que vai avançar e não andar para trás, por isso sou candidato". A afirmação foi feita na noite deste domingo (21/09), durante comício no município de Coreaú, na Região Norte do Estado.
A atividade contou com a presença da candidata à vice-governadora, Izolda Cela, e do postulante ao Senado, Mauro Filho, e iniciou com uma caminhada pelas ruas do município. A comitiva da coligação "Para o Ceará seguir mudando" foi recebida com festa, sob aplausos e bastante tietagem da população, que carregou os candidatos nos braços por cerca de 2 quilômetros, até o palco montado no Centro de Coreaú.
A prefeita do município, Érika Cristino (Pros), parabenizou o trabalho do atual governador Cid Gomes e pediu o apoio dos coreauenses nestas eleições. "Não existe projeto pessoal, o projeto são vocês. Por isso, precisamos eleger Camilo, Izolda e Mauro, pra dar continuidade ao projeto iniciado por Cid Gomes, que fez demais por Coreaú", ressaltou.
Para a comerciante Maria da Piedade, de 48 anos, os avanços no Estado são notáveis e isso não pode parar. "Temos várias escolas profissionalizantes, UPA´s, Hospitais Regionais e tantas outras coisas que beneficiam os cearenses. Ou seja, ganha o Ceará, ganha o cearense", disse. Já o estudante Arthur Brito, de 25 anos, afirmou que "Camilo já é o governador que o povo quer no Palácio".
Junto à comitiva estavam os prefeitos de Sobral, Veveu Arruda (PT); de Pires Ferreira, Marfisa Aguiar (Pros); de Alcântaras, Eliésio Fonteles (Pros); de Guaraciaba do Norte, Regivaldo Cavalcante (Pros); de Mucambo, Vilebaldo Aguiar (Pros); e Moraújo, Jurandi Fonteles (Pros); além de ex-prefeitos, candidatos a deputado estadual e federal, militantes e lideranças políticas da região.
(Assessoria de Imprensa)