segunda-feira, 21 de abril de 2014

Secult comemora o Dia Nacional do Choro

Músicos de várias gerações têm encontro marcando nesta quarta-feira. (Foto: Divulgação)

Nesta quarta-feira (23) se comemora o dia Nacional do Choro em homenagem ao nascimento de Alfredo da Rocha Vianna Filho, o Pixinguinha. Para comemorar a data de uma forma bem cearense, destacando a efervescente cena chorona em nosso Estado, a Secult preparou uma programação especial para esta quarta-feira, unindo música, debate e fotografia e arregimentando alguns dos grandes chorões, de diferentes gerações, em atividade na nossa cena musical. Incluindo homenagens especiais a grandes nomes do choro, como o bandolinista cearense Macaúba.
A programação, com entrada franca, tem início no Teatro Carlos Câmara (Rua Senador Pompeu, 454, Centro de Fortaleza), na quarta-feira, às 15h, com o debate “Chorinho e sua história no Ceará”, contando com o jornalista e radialista Nelson Augusto (apresentador do programa “Brasileirinho”, que promove uma roda de choro ao vivo, aos domingos, das 10h às 12h), com o pesquisador Miguel Ângelo de Azevedo, o Nirez (diretor do Museu da Imagem e do Som do Ceará, MIS-CE, equipamento da Secretaria da Cultura do Governo do Estado) e com Paulo Madeira, integrante do Grupo de Pesquisa sobre Chorinho, da Universidade Federal do Ceará (UFC).
Às 17h será exibido um documentário sobre o bandolinista Macaúba, um dos maiores nomes da cena chorona cearense, influência para diferentes gerações de músicos, inclusive para o filho, Marinaldo, também bandolinista. ÀS 17h30 acontece a abertura de uma exposição fotográfica em homenagem a Macaúba, que permanecerá no saguão do Teatro Carlos Câmara. A partir das 18h acontecem as homenagens a espaços importantes para o chorinho na capital cearense: o Bar do Arlindo, a casa cultural Kukukaya e o citado programa “Brasileirinho”.
A programação especial terá sequência no sábado (26), com a “Ocupação na Estação”. A comemoração ao Dia Nacional do Chorinho se estenderá pela Estação João Felipe, com feijoada a partir de meio-dia, apresentações de capoeira e maculelê com a Rede Cearense de Capoeira (às 13h), feira de discos de vinil e de produtos criativos, além de apresentação do Regional do Macaúba (também às 13h) e de uma Grande Roda de Choro, a partir das 14h30, com vários instrumentistas convidados.