quarta-feira, 23 de abril de 2014

Ministério Público do Trabalho e Vigilância Sanitária fecham cinco academias em Juazeiro do Norte

Equipamentos sem condições de uso foram encontrados nas academias

Inspetores da Vigilância Sanitária cumprindo determinação do Ministério Público do Trabalho (MPT) fecharam nesta quarta-feira (23), cinco academias de musculação que estavam em situação ilegal. A determinação do MPT atendeu ao pedido formulado pelo Conselho Estadual de Edcuação Física do Ceará, que em março passado passou fiscalizou diversas academias em Juazeiro do Norte.
Durante a fiscalização ainda no mês de março, 12 academias foram notificadas e tiveram prazo de 30 dias para se adequarem às normas do conselho estadual.  Na fiscalização de hoje, cinco foram flagrada e fechadas com as mesmas irregularidades. Segundo o MPT e a Vigilância Sanitária, a  fiscalização deve prosseguir nesta quinta-feira (24) em outras sete academias.
Nesta quarta-feira, a fiscalização se concentrou no Centro da cidade e nos bairros Pirajá, São Miguel e Santa Teresa. Em todas, de acordo com a Vigilância Sanitária, não havia profissional registrado com carteira assinada e nem educadores físicos graduados. As aulas eram ministradas por pessoas sem o conhecimento profissional.
Também foram encontradas irregularidades tais como: infiltração e rachaduras nas paredes, equipamentos quebrados e vendas de alimentos.
Todos os proprietários foram notificados e, caso queiram continuar na atividade, serão obrigados a cumprir normas regulamentadas pelo Conselho Estadual de Educação Física.