quinta-feira, 17 de abril de 2014

A inércia da FCF no caso Icasa na Série A

Presidente da FCF, Mauro Carmélio é questionado pela falta de apoio ao Verdão
Chega a ser repugnante a posição da Federação Cearense de Futebol (FCF) a respeito do imbróglio jurídico em que se encontra o Icasa, CBF e a Justiça Comun. É de uma total subserviência à CBF, que chega ao ponto de que há três dias, todos os noticiários esportivos do país só falam da decisão da Justiça do Rio que colocou o Verdão na Série A do Campeonato Brasileiro de 2014, mas o presidente da FCF, Mauro Carmélio se mantém alheio a questão. Se comporta como se o Icasa não pertencesse ao futebol ceanres, pelo menos dá a entender, pois até a manhã desta quinta-feira (17), o presidente da FCF, não se manifestou e nem pronunciou se sobre a iniciativa do Verdão.
E olhe que o sr. Mauro Carmélio se encontra (não tenho certeza de já voltou) no Rio de Janeiro, onde ontem (16) baixou a cabeça e ajudou a ser aclamado presidente da CBF, o presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Marco Polo del Nero, indicado pelo atual presidente José Marins.
Vergonha!. Alíás para os desportistas e imprensa esportiva caririense não é nenhuma novidade, pois todos sabem que o dirigente máximo da FCF só vem a Juazeiro, quando o clube está bem na fita, como foi o caso dos últimos jogos da Série B de 2013, quando o Icasa tinha chances de subir à Série A deste ano.
E se fosse Ceará ou Fortaleza, será que a FCF manteria a mesma inércia?