quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Prossegue no Crato o VIII Encontro Mestres do Mundo

O VIII Encontro Mestres do Mundo, promovido pela Secretaria de Cultura do Governo do Estado, em parceria com a Secretaria de Cultura do Município do Crato, continua nesta quinta-feira, 19/12, com destaque para o início da programação das Rodas dos Mestres. A partir das 9h da manhã, no Centro de Expansão do Crato, os mestres da cultura tradicional popular se reúnem em rodas, de acordo com diferentes modalidades: corpo, mãos, sons, oralidade, sagrado e sabores.
Com o tema “Chão Sagrado do Belo Amor”, o VIII Encontro Mestres do Mundo  reúne os Tesouros Vivos da Cultura, reconhecidos pelo Governo do Estado do Ceará, além de  convidados da região do Cariri e de outros estados. Nesta quinta-feira, a programação continua às 14h, também no Centro de Expansão, com o segundo dia do seminário - a interface de debates do evento. O tema nesta quinta-feira é "As tradições como fonte geradora de renda". Os debatedores são os mestres Simone Castro, mestre Dina, vaqueira de Canindé, e mestre Sebastião Chicute, da cidade de Capistrano. A mediação é de Cláudia Rejane.
Já a programação no Largo da RFFSA, no Centro do Crato, tem início às 18h, com o lançamento dos cordéis "Espedito Seleiro - Tesouro da Cultura do Ceará", de Otávio Menezes, especialista em patrimônio cultural material e imaterial, e "Em Defesa do Forró", do jornalista Paulo Ernesto.
Às 19h30, também no Largo da RFFS, se apresentam o Reisado de Caretas, de Potengi; o Grupo de Cultura Popular do Ceará; o Coco de Trairi, de Mestre Moisés, e, como convidado, Nelson da Rabeca, de Alagoas.

Já no palco montado na Praça da Sé, também a partir das 18h, se apresentam  Bacamarteiros da Paz  (Juazeiro do Norte/ Barbalha), Maneiro Pau do Mestre Bigode  (Juazeiro do Norte), Maneiro Pau do Mestre Cirilo (Juazeiro do Norte), Reisado do Mestre Antônio Carreiro (Juazeiro do Norte), Reisado do Mestre Tico Barbosa (Juazeiro do Norte) e a Banda Cabaçal Padre Cícero, também de Juazeiro.
(Assessoria de Imprensa da Secult)