quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Governo confirma aumento de IPI para carros novos a partir de janeiro

Se você tem ainda uma reserva financeira e pensa em trocar de carro neste final de ano, é bom se apressar, pois a partir do dia 1º de janeiro de 2014, os preços vão subir. Na véspera de Natal, o governo confirmou o aumento gradual do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para veículos.  Para os carros populares (1.0), a alíquota, que hoje está em 2%, passa a ser de 3%.
A alíquota de 3%, no caso dos carros populares, vai valer até 30 de junho de 2014, quando o governo então vai avaliar se haverá novo aumento, para 7% – alíquota que vigorava antes de o governo determinar a redução do IPI para incentivar o consumo e evitar demissões no país, no início de 2012.
Para os carros com motor entre 1.0 e 2.0 flex (que rodam tanto com etanol quanto com gasolina), a alíquota de IPI, que hoje é de 7%, sobe para 9% em 1º de janeiro de 2014. E pode retornar ao patamar de 11% em julho, dependendo da análise do governo. Já para os veículos com mesmo motores mas movidos apenas a gasolina, a alíquota sobe de 8% para 10% em 1º de janeiro e pode ir a 13% em julho.
Veículos utilitários terão alta do IPI dos atuais 2% para 3% em 1º de janeiro – a partir de julho, o imposto pode ir a 8%. Para os utilitários usados para transporte de carga, a variação será a mesma agora. Em julho, porém, se houver alta ela será para 4%.
Por outro lado, o governo anunciou que não vai elevar o IPI para caminhões. A alíquota, que hoje já é de 0%, continuará assim por tempo indeterminado.