quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Vereadores tendem a cassar o mandato de Lunga e inocentar Ronnas Motos

Vereadores voltaram a se reunir na Câmara Municipal
Corre a boca miúda na Câmara Municipal que a maioria dos vereadores está disposta a salvar o mandato do vereador Ronnas Motos (PMDB), afastado preventivamente por 30 dias por determinação da Justiça.
Há uma semana, os vereadores instalaram Comissão Processante para apurar as prováveis irregularidades e terão 60 dias para concluir o processo de cassação ou não de Lunga e Ronnas.
Dificilmente o prazo será cumprido, pois a intenção da mesa diretora da Câmara é apresentar o resultado dentro de 30 dias ou menos, uma vez que a Polícia, o Ministério Público, e Tribunal de Contas dos Municípios já estão concluindo os trabalhos investigativos.
Para piorar a situação de Lunga, entre determinado grupo de parlamentares, há consenso de que Ronnas teria assinado o recebimento das notas fiscais de forma inadvertidamente ao contrário de Lunga, aquém os colegas atribuem toda a responsabilidade pelas compras excessivas de material de limpeza, de escritório e de higiene.
Por outro lado, vendo-se cada vez mais abandonado pelo ex-colegas, Antônio de Lunga, já pediu ao prefeito Raimundo Macedo pra tentar salvar seu mandato, o que a cada dia, se torna mais difícil. Por sua vez, Raimundão se prontificou a ajudar o ex-presidente do legislativo juazeirense na indicação de um advogado.