terça-feira, 24 de setembro de 2013

E você acredita em Papai Noel, Mula sem Cabeça e em Saci Pererê?

Polícia Civil faz remanejamento dos delegados
Impressionante como muita gente aqui em Juazeiro do Norte acredita em Papai Noel, Mula sem Cabeça e Saci Pererê.
Digo isso, porque desde ontem repercute nas redes socais e até entre alguns blogs de colegas da imprensa juazeirense, que o motivo dos remanejamentos dos delegados Tenório de Brito, Levi Leal e Marcos Antônio dos Santos pode ter sido uma retaliação pelas investigações realizadas até aqui no famigerado "Escândalo das Vassouras".
Minha gente, isso é discurso retógrado de quem não procura a verdadeira informação antes de divulgá-la. No jornalismo de hoje, isso não é mais possível. Quem insistir vai ficar ultrapassado e sem credibilidade.
E a bem da informação com responsabilidade, ei-la a seguir:
A cada dois anos, a cúpula da Polícia Civil do Estado faz o redimensionamento de delegados da capital e interior. As mudanças não irão ocorrer somente com os três delegados citados, mas em quase todas das delegacias do interior cearense. Já na próxima semana acontecerá o rodízio em Fortaleza e Região Metropolitana.
A medida, segundo o superintendente da Polícia Civil, Andrade Júnior, é um procedimento normal e adotado há mais de 20 anos pela corporação.. O que é errado, na concepção de Andrade Júnior, é o delegado permanecer por mais de dois a três anos trabalhando num mesmo município, pois pode gerar ciclo vicioso de ligação duvidosa com políticos e a comunidade. Andrade Júnior também nega qualquer interferência política no remanejamento dos três delegados.
Sem dúvida, que as investigações sobre o "Escândalo das Vassouras" sofrerá prejuízo, mas acredito que tudo que já está comprovado nos autos, será o suficiente para se chegar ou não a conclusão do processo judicial ora andamento na Justiça de Juazeiro do Norte. O bom trabalho exercido até aqui pelos três competentes delegados não será esquecido. O Ministério Público está próximo de dar seu parecer à Justiça.
Agora uma coisa de cada vez. Querer atribuir a Raimundão o remanejamento é tripudiar da inteligência da população. Até porque, até o momento, toda imprensa é sabedora da isenção, da imparcialidade do prefeito Raimundo Macedo vem tratando o caso. Do contrário é acreditar num discurso de opositores oportunistas. Ou melhor, é mesmo de se acreditar em Papai Noel, Mula sem Cabeça e no Saci Pererê.